NEMUS apresenta em Moçambique EIA do Projecto da Nova Ponte de Tete sobre o Rio Zambeze

A NEMUS, em parceria com a empresa moçambicana BETA (empresa participada pelo grupo BETAR), concluiu recentemente o Estudo de Impacto Ambiental relativo à nova ponte sobre o rio Zambeze, entre a cidade de Tete e a localidade de Benga, em Moçambique, cuja Consulta Pública decorreu no passado dia 23 de Novembro na cidade de Tete, província de Tete.

O projecto da nova ponte de Tete será desenvolvido em regime de concessão e inclui, para além da ligação entre Tete e Benga, dois troços de acesso ao tabuleiro e a ligação às vias existentes. Em conjunto, o traçado estende-se ao longo de 15 quilómetros. A decisão de construir uma nova ponte sobre o rio Zambeze advém da necessidade de reduzir a sobrecarga de tráfego na ligação existente actualmente (ponte Samora Machel).

O estudo apresentado pela NEMUS e pela BETAconcluiu que o projecto tem um potencial relevante de criação de emprego, factor da maior importância numa região deprimida como o Norte de Moçambique. Por outro lado, é expectável que a nova ligação retire tráfego à ponte Samora Machel, aumentando a segurança rodoviária e reduzindo a poluição sonora e atmosférica que actualmente se constata. Os impactos negativos são limitados e mitigáveis.

Este estudo marca a entrada da NEMUS no mercado emergente de Moçambique. Para 2012 estão previstos novos estudos na região, em colaboração com a BETA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.